HQ | Resenha | Turma da Mônica - Laços e Lições - Vitor e Lu Caffagi

Vitor e Lu Caffagi

Durante a comemoração dos 50 anos da Maurício de Souza Produções, iniciada em 2009, 50 artistas brasileiros foram convidados para escrever e desenhar suas próprias visões dos personagens criados pelo quadrinista. A comemoração deu tão certo que em 2012 surgiu o projeto Graphic MSP, com o mesmo propósito: lançar graphic novels com as visões de diferentes artistas.
Assim, Vitor Caffagi, que foi responsável pelo personagem Chico Bento na comemoração dos 50 anos da MSP, foi novamente convidado para fazer parte desse novo projeto. Mas, dessa vez, ele ficou responsável pela nossa turminha favorita: A Turma da Mônica.
>>> Laços <<<

Essa pequena preciosidade estava na minha lista de desejo desde o lançamento, em junho de 2013. Se eu soubesse quão lindas eram a arte e a história, eu teria comprado um exemplar muito antes.
Na história, o cachorro do Cebolinha, Floquinho, desaparece de casa e deixa o dono muito preocupado. A turminha então se junta para tentar encontrar o Floquinho e acabam passando uma noite em um parque do outro lado da cidade.
A sinopse lembra muito aqueles clássicos filmes da Sessão da Tarde dos anos 90, uma turminha da pesada aprontando altas confusões. Acho difícil que alguém que foi criança na mesma época que eu, e que tenha crescido lendo Turma da Mônica, não se encante com esses personagens e a maneira com que Vitor Caffagi os retrata. É fofinho, bonitinho e tocante! E os desenhos da Lu Caffagi das crianças “bebês” é a coisa mais preciosa desse mundo!
>>> Lições <<<

Nessa HQ, lançada em julho de 2015, os irmãos Caffagi voltam a “brincar” com os personagens do Maurício de Souza e mais uma vez mostram que conhecem a turminha tão bem quanto todos nós. Aqui, Mônica, Cebolinha, Magali e Cascão estão na primeira série e as coisas não parecem mais tão simples quanto costumava ser. Há muita lição de casa e pouco tempo para passar com os amigos.
Quando Cebolinha se lembra que não fez uma lição de casa, ele fica desesperado com a ideia de ficar “para sempre” na escola. Com isso, ele arma um plano infalível (!) para fugir da escola com seus amigos. Como é de se esperar de um plano do Cebolinha, a coisa não sai como esperado. Mônica quebra o braço tentando escalar o muro da escola e é mandada para uma escola diferente; Magali tem que aprender a ser uma “princesa”; Cascão é matriculado em uma aula de natação (!!); e Cebolinha começa a sofrer bullying agora que Mônica não está no colégio para protege-lo.
Assim como em “Laços”, Vitor capricha no roteiro, com momentos de pura fofurice entre amigos, como a cena em que Cascão brinca de casinha com uma Mônica de castigo no quarto, e quando o mesmo Cascão chama Cebolinha para uma fuga e o amigo topa sem nem pestanejar! Lu Caffagi também capricha mostrando a turminha mais nova se conhecendo e…
Ai, as duas HQs são apaixonantes!
E, amigos, me parece, pelo final de “Lições”, que teremos mais uma continuação por aí!
Por mim, a Turma da Mônica de Vitor e Lu Caffagi continuaria por muitos anos e muitas edições. 
Não é para menos, aliás, que foi anunciado na CCXP de 2015, que “Laços” seria adaptado para o cinema com ATORES! Preparados para ver a turminha em Live Action?
Eu já estou preparando a pipoca! ;-)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Série | Resenha | Between - Primeira temporada

128 | Filmes assistidos | 6 - 10

Livro | Resenha | Os três mosqueteiros - Alexandre Dumas