Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2015

Livro | Lista | 10 livros que abandonei

Imagem
Olá pessoas! De volta com uma quase tag. Dessa vez, falando dos livros que passaram pela minha mão e, por um motivo ou outro, não consegui terminar.
Sabe, é impossível ter orgulho de uma lista como essa. Pensei várias vezes antes de fazê-la e, quando fiz, vi alguns títulos que doeram no meu coração de leitora. Por que, por que eu não li aquele livro inteiro? No entanto, eu não sou de ferro. Ninguém é, nem os leitores assíduos. Portanto, estamos todos sujeitos às fases da vida e aos momentos em que um livro simplesmente não se encaixa.
Alguns receberão uma segunda... ou terceira chance, agora que eu tenho um blog e assumi o desafio dos 100 autores. Outros... bom, "os outros são o-s outros".
1) A rosa do povo - Carlos Drummond de Andrade

O primeiro livro da lista representa uma das minhas muitas frustrações literárias: a poesia. Não foi o primeiro, nem o último livro de poesia que eu não li completo, caso de "Poemas Completos de Alberto Caeiro", mas esse foi o que ma…

DMP | Projeto desapego e matemática

Imagem
Matemática simples


Eu sou declaradamente uma amante de livros físicos. Aliás, sou um clichê ambulante nesse sentido. Adoro tocar, sentir o cheiro, olhar para o livro na estante, todo lindão lá no espacinho dele. Porém, ao mesmo tempo, também sou uma pessoa em constante briga com o espaço do quarto que divido com a minha irmã. O que fazer para conciliar as duas partes? Conscientizar-me da necessidade de utilizar bem o pouco espaço que me cabe. Esses dias eu fiz uma relação dos livros que tenho. 90, sendo que 6 já haviam sido doados anteriormente e 15 são livros digitais. Ou seja:
Dos 90 títulos da minha lista - 15 são digitais = 75 são físicos.
Dos 75 físicos - 6 já haviam sido doados para uma escola = 69 livros físicos.
Ainda que o número tenha sido reduzido para 69 livros físicos, ainda assim eram muitos para que eu conseguisse guardá-los satisfatoriamente na minha casa. A solução foi desapegar ainda mais e fazer mais contas:
Dos 69 livros que restaram - 27 não foram lidos. = 42 fora…

Livro | Divagando | Romances eróticos

Imagem
Meu primeiro contato com romances - e livros eróticos - foi aos 14 anos. Não sei se é a idade apropriada, mas acho provável que não (eufemismo). Acontece que um dia, passando por uma banca de jornal lá na Praia Grande, não lembro por que causa, motivo, razão ou circunstância, acabamos comprando eu uma revistinha da Turma da Mônica - porque para elas não tem idade - e minha irmã um romance Sabrina, chamado "O amor chegou".
Naquela época, apesar de não ser o tipo de livro que você sai por aí exibindo, era relativamente normal e aceitável que meninas e mulheres lessem, sem que houvesse grande constrangimento. Eram romances açucarados com uma pitada de erotismo que não chega nem perto dos exemplares de livros eróticos que se tem hoje em dia. Em retrospecto, e relendo alguns de meus favoritos da adolescência, percebi que esses "Romances Nova Cultural" são até bem leves e discretos. 
Eis que, em um dia infeliz de 2011 comecei a ouvir falar de "Cinquenta tons de cin…

Lista | Leituras de julho | 2015

Imagem
Olá você que veio até aqui! Bom, como prometido, vim trazer mais um post sobre as leituras que fiz em julho... e não são muito animadoras. Bom, na verdade, eu percebi que dedico pouco tempo à leitura e que preciso melhorar nesse quesito, se quiser ser uma blogueira de literatura. Afinal, eu vivo dizendo que ler é a minha paixão, então está na hora de fazer por onde.
Mas o mês não foi assim tão perdido.
1) Amaldiçoado (ou O Pacto) - Joe Hill

O mês começou bem - ou mal - com esse livrinho ai. Eu li a edição antiga, com essa capa... Minha insistência com ela tem um motivo: em determinada cena do livro, o protagonista se arma com um tridente... está vendo um tridente na capa? Porque, o objeto que eu vejo tem QUATRO PONTAS e não TRÊS como deveria ser para ilustrar a história. Mas tudo bem... essa sou eu sendo chata para variar. =P











2) Simplesmente Ana - Marina Carvalho
Esse livro é da minha irmã. Eu resolvi ler, mesmo sabendo que não era o estilo que eu costumo ler. Se há um ponto positivo n…

Livro | Recomendação | Crônicas | Parte 1

Imagem
Olá mais uma vez. Voltando para recomendar mais alguns livros para quem gosta de ler... dessa vez, para quem gosta de ler crônicas.
Esqueça por um instante as Crônicas de Nárnia e as de Gelo e Fogo, esqueça a Crônica do Matador do Rei... as crônicas das quais pretendo falar hoje, são bem diferentes.
As crônicas são textos menores que os contos, com os fatos escritos em ordem cronológica, e podem ser encontradas facilmente em jornais e revistas. Além, é claro, das coletâneas que citarei nesse post. 
Há vários tipos de crônicas, descritivas, narrativas, dissertativas, narrativo-descritivas, líricas, poéticas, jornalísticas, históricas... mas as que vou falar aqui são principalmente humorísticas. Minhas favoritas. Um país chamado infância - Moacyr Scliar
Apesar de ainda ter demorado bastante tempo para me tornar uma leitora de verdade, eu considero minha passagem pela quinta série do Ensino Fundamental de extrema importância para o meu gosto literário e minha formação de maneira geral. F…