Postagens

Mostrando postagens de Março, 2015

Livro | Recomendação | Distopias | Parte 1

Imagem
Desde o lançamento do primeiro filme de “Jogos Vorazes” vários livros com temas distópicos começaram a pipocar nas livrarias, todos voltados para o público adolescente. “Divergente”, “Maze Runner”, “Starters”. Neles adolescentes tornam-se as peças principais em um jogo de poder e manipulação, sustentando nos ombros a condição de “salvador da pátria” e dividindo com um par romântico aleatório o maior número de páginas possíveis, especialmente aquelas em que o único propósito é desenvolver o romance. Por mais que eu gosto de “Jogos vorazes”, por exemplo, não vejo o menor sentido em tanto drama daquele triângulo amoroso desnecessário. “Divergente” perde um tempo precioso com carícias bobas entre os personagens “Tris” e “Quatro”, em trechos que eu apenas queria pular, porque… enfim. No entanto, não estou aqui para atirar pedras nas distopias adolescentes. Elas são, no fim das contas, o ponto de partida para aqueles que gostarem do tema e quiserem se aprofundar. Mas é preciso esquecer o r…